Oclusão venosa da retina: saiba o que é e como evitar o problema

A retina é uma camada interna do globo ocular que contém milhões de células que recebem e organizam as informações visuais, transmitindo-as para o cérebro, que as interpretam como imagens, permitindo que você enxergue.

Por isso, embora as doenças retinianas possam variar, a grande maioria delas causa sintomas visuais. Neste caso, quando alguma veia da retina fica bloqueada, ocorre a chamada Oclusão Venosa da Retina (OVR), que pode causar a visão embaçada ou até mesmo a cegueira súbita. Abaixo, saiba quais são as causas, sintomas e como evitar o problema.

Como a oclusão venosa da retina se desenvolve?

Em geral, a OVR ocorre quando um coágulo de sangue bloqueia as veias da retina, especialmente pelo fato de que essas veias tendem a ser pequenas e estreitas, dificultando o acesso sanguíneo. Desse modo, o sangue atravessa os vasos para o tecido da retina, forçando suas camadas a se separarem e prejudicando sua capacidade de responder à luz, o que afeta diretamente na qualidade da visão.

Embora seja mais comum em pacientes com mais de 60 anos, diversos fatores podem beneficiar o desenvolvimento da doença. São eles:

  • Hipertensão arterial;
  • Glaucoma;
  • Diabetes;
  • Tabagismo.

Por isso, caso tenha um ou mais dos fatores de risco citados acima, realize um check-up ocular para, se for o caso, diagnosticar a doença precocemente.

Quais são os sintomas da oclusão venosa da retina?

Dependendo da gravidade e também do grau de envolvimento da mácula, as oclusões da veia retiniana podem causar apenas uma perda visual relativamente leve. No entanto, caso a doença esteja em estágio avançado, outros sintomas podem surgir, como:

  • Veias dilatadas e tortuosas;
  • Hemorragia intrarretiniana;
  • Dificuldade intensa para enxergar;
  • Perda súbita da visão.

É importante ressaltar que a oclusão da veia retiniana, em geral, é diagnosticada após alguns exames, como o de fundo de olho, o de acuidade visual e a análise da visão periférica. Além disso, também podem ser sugeridas algumas análises do sangue, como níveis de açúcar, colesterol e verificação da pressão arterial.

Existe tratamento para a oclusão venosa da retina?

Atualmente, realizam aplicações de medicamentos e fotocoagulação a laser. Os efeitos da doença podem ser minimizados, o que irá reduzir o risco de oclusão adicional e tratar quaisquer complicações. Por isso, caso perceba um ou mais dos sintomas listados acima, procure orientação médica para, assim, aumentar as chances de um tratamento mais eficaz.

Conheça o Dr. Douglas Pigosso

O Dr. Douglas Pigosso é oftalmologista com especialização em retina e mácula pelo Centro de Referência em Oftalmologia da Universidade Federal de Goiás e pelo Centro Brasileiro da Visão. Possui mais de 15 anos de experiência em cirurgias de descolamento de retina, mácula, injeções intraoculares, fotocoagulação a laser e catarata. Agende sua consulta em Brasília.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia também:

Dr. Douglas Pigosso

Especialista em Retina e Mácula em Brasília

Descolamento da retina
Retinopatia diabética
Oclusão vascular da retina
Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)
Buraco macular
Edema macular